Constelações em Rede: Entrevista a José Bragança de Miranda

Um dos principais pensadores da cultura contemporânea em Portugal, José Bragança de Miranda, vem investigando sobre as formas de pensar as novas tecnologias, o digital e as formas de acção ou activismo que se desenrolam através das redes, propondo – mais do que uma teoria única e centrada – uma forma de reflectir estes fenómenos em constelação, a partir de um conceito benjamiano de inspiração platónica (vide «A constelação como método do contemporâneo» in Netativismo, Edições Universitárias Lusófonas, 2017). 
Artigo →

O Digital é de Ontem: Entrevista a Elvira Leite

A presente entrevista incide sobre a juventude intelectual de Elvira Leite e o conjunto de escolhas que a definem como uma personalidade que abraça diariamente o presente e todas as surpresas que o futuro possa reservar. O contacto com a vida e obra de Elvira Leite é parte integrante de uma análise alargada a um grupo de artistas que se licenciou na Escola Superior de Belas Artes do Porto nos anos sessenta e setenta, coincidente com o período pré e pós-revolução social e política de 25 de Abril de 1974. 
Artigo →

Novos média e novas formas de acção na arte

Decorrendo do modo como a arte dos novos média se instala no espaço físico e virtual na forma de acção, performance, movimento e acontecimento, este artigo propõe uma análise da mesma em relação ao activismo.

Revisitam-se o artivismo e os conceitos de recepção, obra aberta e experiência estética e propõe-se que as artes tecnológicas formam um espectador activo e instalam novos quadros de acção, interacção e participação. 
Artigo →

Entrevista a Massimo di Felice

Numa entrevista à distância, realizada em colaboração com as redes sociais digitais, Massimo Di Felice tratou de diversos temas relacionados com o sentir contemporâneo, permeado pelo digital, das experiências estéticas às novas formas de participação e cidadania em rede.

Net-ativismo no Brasil: Análise do Movimento #MariellePresente

O ensaio investiga a constituição do movimento que surgiu após o assassinato da vereadora Marielle Franco no Brasil como ação net-ativista. #MariellePresente é um exemplo de movimento de reinvindicação que nasceu na web e chegou aos espaços físicos. O propósito é mapear a conversação em rede que se estabeleceu a partir da mobilização dos internautas na rede social Twitter. 
Artigo →