Cláudia Madeira é socióloga. Encontra-se a desenvolver o seu projecto de pós-doutoramento, intitulado Arte Social, no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, enquanto bolseira da FCT. Com o apoio destas duas instituições doutorou-se em Sociologia com a tese «O Hibridismo nas Artes Performativas em Portugal» (2007). É autora de Os Programadores Culturais: Novos Notáveis (Celta, 2002) e de vários artigos sobre novos hibridismos nas artes. Actualmente, é responsável pelo seminário «Metamorfoses do Espectáculo» nos mestrados de Artes Cénicas e de Ciências da Comunicação (especialização em Comunicação e Artes), na Universidade Nova de Lisboa.