Cláudia Madeira é docente e investigadora IHA/CIC-DIGITAL da NOVA/FCSH. Realizou o pós-doutoramento intitulado Arte Social. Arte Performativa? (2009-2012) e o doutoramento em Sociologia sobre Hibridismo nas Artes Performativas em Portugal (2007) no ICS/UL. Entre 2007 e 2009 concebeu o projeto Hortas Urbanas, Hortas Criativas no Departamento de Planeamento Estratégico do Município de Odivelas, do qual resultou o projeto Hortinhas da Paiã implementado na Escola Agrícola da Paiã. É guardiã da Horta do Baldio desde 2014, sobre a qual escreveu vários artigos e onde desenvolveu o projeto Estendal, uma experiência de curadoria performativa no espaço público em torno de projetos artísticos sobre Hortas, em Junho 2016, a partir da obra de Fernanda Fragateiro, Fernando Brito e Álvaro Domingues e com a colaboração dos seus alunos do seminário de mestrado em Programação de Artes Cénicas.