Author: Luís Martinho

Luís Martinho é licenciado em Filosofia pela FLUL. Atualmente está a realizar o mestrado na Nova FCSH em Ensino de Filosofia no Ensino Secundário. Em 2016 foi distinguido com o prémio Prof. Doutor Joaquim Cerqueira Gonçalves, destinado para alunos do primeiro ciclo de Filosofia da FLUL, na categoria de melhor ensaio filosófico. O ensaio foi publicado no mesmo ano, no número 48 da revista Philosophica, com o título Que Nada se Sabe. Um ensaio sobre Francisco Sanches e a dinâmica do não saber.

O Fragmento como Fratura

O Fragmento como Fratura é um pequeno artigo que procura pensar o fragmento como uma fratura involuntária (uma perspetiva dialética e histórica) e como uma fratura voluntária (presente, em especial, no pensamento romântico alemão). 
Artigo →