Notas de Campo em Artes Performativas (Abril a Outubro de 2018)

Notas de Campo, Cadernos em Torno de Processos e Práticas Performativas

Notas de Campo, cadernos em torno de processos e práticas performativas procura abranger e reconhecer um pensamento nas artes performativas que não se cinge a obras e a autores, mas que cobre os seus processos e o pensamento artístico gerado a partir deles. 
Artigo → “Notas de Campo, Cadernos em Torno de Processos e Práticas Performativas”

Entrevista a Lília Mestre

Um encontro breve com Lília Mestre no Porto (Mezzanine, 2017) gerou a vontade de conhecer melhor o seu trabalho e propulsou uma ida a Bruxelas para um reencontro no contexto de Parallel Parasite. As três semanas de partilha na galeria Zsenne são o pano de fundo desta entrevista. 
Artigo → “Entrevista a Lília Mestre”

Campo Marte

«Campo Marte» é um texto que aglomera notas e provas processuais de um afazer específico num espaço-tempo deambulatório: a perseguição de gozo pela sui generis cidade italiana de Veneza. 
Artigo → “Campo Marte”

O Desconhecido é tão Importante quanto o Conhecido: Fluxos no «Sopro» de Sofia Neuparth

Este ensaio acompanhou a dança Sopro em Lisboa e Castelo Branco (2017), e em Sines (2018). É um rasto de uma convivência iniciada em 2010 com o trabalho de Sofia Neuparth, lá onde ele é exercício diário de corpo-palavra, no c.e.m. 
Artigo → “O Desconhecido é tão Importante quanto o Conhecido: Fluxos no «Sopro» de Sofia Neuparth”